segunda-feira, 29 de abril de 2013

Chocolate are Girl's Best Friend



Em tempos de crise hormonal, quem pensa em diamantes?

      Drummond disse uma vez que há duas épocas na vida em que a felicidade está numa caixa de bombons: na infância e na velhice. Tudo bem, eu o perdôo. Drummond não nasceu mulher, nunca teve TPM. Ele não sabia que há um época do mês, durante toda uma vida, em que a felicidade da mulher mora bem ali: no doce sabor de um bombonzinho. Mentira minha? Ah, não sei, não. "Naqueles dias", meu bem, só um docinho na boca para salvar o humor e acalmar os ânimos. Claro que - se possível - queremos colo, elogios e um bom cafuné. Mas chocolate - ah chocolate não tem erro! Ele sempre está ali. Nos acalmando... Nos esperando... Mandando baldes de serotonina para o nosso corpo desassossegado. Um namorado também ajuda. Ou não. Quem não nasceu mulher nunca vai saber ao certo como é ser mulher. Como é ter um monte de hormônios no comando, nos deixando assim: a mercê de toda a nossa loucura. Ah, Deus tenha piedade de nós! (E de todos os homens que aguentam as nossas maluquices!). Temos direito universal de sermos loucas e complicadissímas uma vez por mês e, mesmo assim, continuarmos sendo amadas e queridas por nossos amigos e amores. Já ouvi dizer que TPM é frescura. Eu confesso que não é. Ficamos chatas de verdade e ninguém - em são consciência - quer parecer chata. (Afinal não somos burras. Ou somos?). As vezes fico irritada. Em outras, fico emotiva e comovida com todas as dores do mundo. Por favor grifem essa parte: com todas as dores do mundo. Sofro por todas, por tudo e choro. Choro vendo o Jornal Nacional, choro ouvindo música, choro por ver um humilde e pobre velhinho vendendo picolés no sol escaldante ou porque tirou o botão para pagar o pão achando que era moeda...(Ah, não!!!). E choro - copiosamente e sem fim - vendo as reprises de Greys Anatomy (por que todo hospital resolve morrer bem no dia em que fico menstruada?). E a mão do doutor treme, o mundo treme, o queixo treme, o humor se altera e os homens - nossa! - como eles tremem! Morrem de medo de nós porque não sabem o que os aguardam. (Se a gente mesmo não sabe, imagine eles!).
   Por isso, hoje, num dia incrivelmente comum onde nada lá fora acontece e dentro de mim TUDO ferve, eu resolvi escrever esse texto. Porque vários bombons foram atraídos para o meu contexto super hormonal e consumidos sem a mínima culpa (sim, nesse período, não existe espaço para culpas!). E agora, SÓ AGORA, posso dizer com a maior certeza e doçura do mundo: CHOCOLATE É O MELHOR AMIGO DA MULHER!

Nenhum comentário:

Postar um comentário